Loading...
Home2020-07-17T02:00:25+00:00

O que é uma pessoa psicopata?

Poucos termos de psicologia geram confusão como a palavra psicopata. Embora seja comumente usado para descrever alguém que tem uma doença mental, o psicopata não é um diagnóstico oficial.

A verdadeira definição de psicopata na psiquiatria é transtorno de personalidade anti-social (ASPD), explica o Dr. Prakash Masand, psiquiatra e fundador dos Centros de Excelência Psiquiátrica. O ASPD descreve um indivíduo que mostra padrões de manipulação e violação a outros. Masand diz que a única coisa que pode confundir o ASPD são as palavras “anti-social”.

Como é diagnosticado a psicopatia no Brasil?

Como a psicopatia não é um transtorno mental oficial, a condição diagnosticada pelos especialistas é ASPD. Antes de explicar os critérios usados para diagnosticar o ASPD, é importante mencionar que diagnosticar e tratar o ASPD apresenta alguns desafios exclusivos. Segundo Masand, o ASPD pode ser difícil de tratar, porque a pessoa que precisa de ajuda não acredita que haja um problema com seu comportamento. Como resultado, eles raramente procuram tratamento.

Dito isto, as diretrizes estabelecidas usadas para diagnosticar ASPD são que o comportamento geralmente começa aos 15 anos ou na adolescência. No entanto, Masand diz que um verdadeiro diagnóstico de ASPD não é feito até a idade de 18 anos. “Para a maioria das pessoas, o pior comportamento ocorre no final da adolescência, durante os anos 20”, explica ele.

Psicopata vs Sociopata

Como muitos outros termos no campo da psicologia, o psicopata e o sociopata são frequentemente usados de forma intercambiável, e é fácil entender o porquê. Como o sociopata não é um diagnóstico oficial, ele se une ao psicopata sob o diagnóstico abrangente de ASPD. Não há diferença clínica entre os dois.

“Algumas pessoas fazem uma distinção artificial com base na gravidade do transtorno de personalidade, mas isso é incorreto”, explica Masand. “Eles dirão que a psicopatia é uma forma mais grave de sociopatia, mas, novamente, isso é realmente incorreto.” Tanto o psicopata quanto o sociopata são outros termos ou maneiras de descrever o ASPD. Os comportamentos vistos em ambos se enquadram nos sintomas na categoria ASPD.

Sinais de Psicopatia

Como o termo psicopata não é um diagnóstico oficial, os especialistas se referem aos sinais descritos em ASPD. Segundo Masand, alguns dos sinais mais comuns a serem observados incluem: comportamento socialmente irresponsável, desconsiderar ou violar os direitos de terceiros, incapacidade de distinguir entre certo e errado, dificuldade em mostrar remorso ou empatia, tendência a mentir frequentemente, manipular e magoar os outros, problemas recorrentes com a lei, desrespeito geral à segurança e à responsabilidade.

Outros comportamentos que podem ser sinais de ASPD incluem uma tendência a correr riscos, comportamento imprudente e enganar com mentiras frequentes. Masand diz que alguém exibindo esse comportamento também pode não ter conexões emocionais profundas, ter um charme superficial, ser muito agressivo e às vezes ficar com muita raiva. Além disso, as pessoas com ASPD não se importam se machucaram alguém, são impulsivas e abusivas e não têm remorso. No caso de ASPD, abusivo não significa necessariamente violento.

Não divida sua vida com eles

Muitos psicopatas parecem pessoas legais no começo. Eles podem ficar bastante atentos quando há algo que eles querem. Eles podem participar de conversas e parecer genuinamente interessados em você. As conversas que você tem podem parecer um pouco desconfortáveis, porque os psicopatas não são empáticos. Eles podem se solidarizar com você, concentrando-se nas consequências de uma ação e não em como você estava se sentindo.

Porém, existe o perigo de contar demais ao seu colega psicopata. Os psicopatas podem ser manipuladores e, quanto mais essa pessoa souber sobre você, mais força eles poderão encontrar para influenciar suas ações. Isso pode ocorrer na forma de usar causas ou motivações importantes para você ajudar você. Pode até vir na forma de ameaça se eles descobrirem um segredo sobre você e ameaçarem revelá-lo a outras pessoas. Portanto, se você sentir que está lidando com um psicopata, guarde suas informações pessoais.

Saiba como desviar

Por fim, você pode descobrir que não apenas trabalha com um psicopata, mas também que é seu chefe. É uma situação muito difícil de se enfrentar. Um chefe que o manipula, assume o crédito por suas ações e não tem escrúpulos em tirar vantagem de você de várias maneiras, pode tornar sua vida profissional miserável.

Tente abrir canais de comunicação com outras pessoas da sua empresa, se puder, embora um chefe manipulador dificulte o contato com outras pessoas da organização. Quando isso acontece, o melhor conselho pode ser procurar outro emprego. Um psicopata não terá seus melhores interesses no coração, portanto sua carreira não será beneficiada por trabalhar para essa pessoa. Francamente, quanto menos tempo você gasta trabalhando para alguém assim, melhor.

Últimos Posts

A Psicopatia é uma grande área de estudo da Psicologia há anos, para entender melhor sobre, entre em contato conosco clicando no botão abaixo.

ENTRAR EM CONTATO